Por que os profissionais de TI devem se preocupar desde já com a Internet das Coisas

A Internet das Coisas (IoT) promete tornar tudo mais inteligente e eficiente. As redes inteligentes, os contadores inteligentes, as geladeiras inteligentes e os carros inteligentes são apenas alguns exemplos mencionados em cada artigo e paper sobre o tema. Mas enquanto esperam pelas aplicações atraentes e inovadoras, os CIOs continuam a ter duas grandes áreas legítimas de preocupação quando pensam em como a mecânica da IoT afetará suas organizações: armazenamento e segurança. Manuseio da grande quantidade de dados É notório que o cérebro humano tem dificuldade para entender com precisão números grandes demais. Mas não há como contornar o fato de…

Especialista aponta os cinco erros mais comuns na gestão de TI

Qualquer gestor que se preze precisa estar antenado com as principais tendências do mercado e as principais práticas para lidar com os negócios de uma empresa. No cenário de TI, isso não é diferente. Vice-presidente de operações na América Latina da empresa DocYouSign, que atua com assinatura eletrônica de documentos, Marco Américo aponta os cinco erros mais comuns dos gestores. Falta de planejamento - Não contar com um plano de negócios organizado pode fazer com que a empresa gaste muito dinheiro à toa e não planeje uma estratégia eficiente para a adaptação às novas tecnologias. “Pesquise, consulte quem trabalha na…

Gartner aponta tendências estratégicas para 2017 na área de TI

Na definição do Gartner, tendências tecnológicas estratégicas são aquelas com grande potencial disruptivo, de rápido crescimento, com alto grau de volatilidade. Nesta quarta-feira, 26/10, David Cearley, vice-presidente da consultoria, apresentou durante o Symposium/ITxpo, que acontece em São Paulo, aquelas que o Gartner considera ser as dez principais tendências estratégicas para a área de TI no ano que vem. "São tecnologias que preparam o cenário para uso da Malha Digital Inteligente", afirma o executivo, que a divide em três grandes grupos: tecnologias que levarão inteligência a todas as partes, como IA e aprendizado de máquina; tecnologias que promoverão a interconexão do…

Não espere por mudanças radicais. A disrupção é feita de evoluções graduais

Transformação digital hoje pode ser comparada como sexo entre adolescentes. Todos dizem que fazem, mas poucos fazem. E os que fazem, fazem mal. É uma piada velha, mas representa bem o cenário, salvo raras exceções, que vemos aqui no Brasil. Uma recente pesquisa da Deloitte, “Navigating legacy: charting the course to business value”, realizada com 1.217 líderes de tecnologia em 48 países, incluindo o Brasil, entre maio e setembro de 2016, já mostrou uma mudança nas prioridades para muitos CIOs, de “desempenho do negócio” para "foco nos clientes". No estudo anterior, a prioridade apontada pelos entrevistados era o crescimento da…

Substituir dinheiro por ferramentas digitais acrescentaria R$ 491 bilhões ao PIB do Brasil

Trocar o dinheiro por serviços financeiros digitais pode aumentar o PIB dos países emergentes em US$ 3,7 trilhões (quase R$ 12 trilhões) até 2025. Somente a economia brasileira ganharia US$ 152 bilhões (ou R$ 491 bilhões) no período, caso o país adotasse mais ferramentas digitais para pagamentos, concessão de empréstimos, seguros, poupança e outros serviços bancários. Os dados são de estudo recente do McKinsey Global Institute (MGI) sobre finanças digitais. De acordo com o levantamento, 2 bilhões de pessoas em todo o mundo não possuem conta bancária — mais da metade, mulheres. A digitalização dos serviços ajudaria a incluir no…

Brasileiro Hugo Barra vai chefiar área de realidade virtual no Facebook

Três dias após anunciar sua saída da fabricante chinesa de smartphones Xiaomi, Hugo Barra foi anunciado como o mais novo funcionário do Facebook. Segundo informou o presidente-executivo da rede social, Mark Zuckerberg, nesta quinta-feira (26), Barra será vice-presidente de realidade virtual e liderará a Oculus, divisão da companhia responsável pelo óculos Rift e pelos esforços em realidade imersiva. Barra ficou três anos e meio à frente da expansão internacional da Xiaomi, que chegou a ser chamada de “Apple chinesa”. Depois de se tornar em poucos anos uma das maiores fabricantes da China, a empresa chegou à Índia e ao Brasil,…

Principais barreiras ao inovar na Era Digital

A grande competitividade existente nas empresas e na economia atual, em que há uma globalização da concorrência e forte aceleração da evolução e disseminação dos negócios na era digital, conforme relatórios disponibilizados pela consultoria Gartner, faz com que as organizações e as pessoas envolvidas busquem criar um diferencial competitivo. Algo que permita que se destaquem das demais e obtenham uma vantagem competitiva. Sendo assim, faz-se necessário inovar. Isso porque a inovação é a forma mais procurada ao tentar criar essa diferenciação – a vantagem frente aos concorrentes que faz com que o serviço prestado ou produto oferecido se torne único.…

5 tecnologias que podem mudar sua vida em 2022

Em 5 anos, teremos uma nova forma de olhar o mundo. A supervisão infravermelha vai ser possível para qualquer mortal, mesmo que não tenha vindo de Krypton. E novas ferramentas vão nos ajudar a mapear o planeta de uma forma completamente nova. Pelo menos é nisso que aposta a IBM, a gigante americana de tecnologia. Todo ano, a empresa anuncia 5 inovações que terão o maior impacto na vida das pessoas nos próximos 5 anos. A maioria dessas mudanças vem impulsionada pelo desenvolvimento de inteligências artificiais cada vez mais poderosas – o que não é coincidência nenhuma, já que o…

Gastos mundiais com TI devem crescer 2,7% neste ano, aponta Gartner

Os gastos mundiais com TI devem totalizar US$ 3,5 trilhões neste, o que, se confirmado, representará um aumento de 2,7% na comparação com 2016, de acordo com projeção do Gartner. Relatório da consultoria revela, no entanto, que essa taxa de crescimento é inferior às projeções anteriores, que eram de 3%. "2017 estava prestes a ser um ano de recuperação em gastos com TI. Algumas tendências importantes convergiram, inclusive cloud, blockchain, negócios digitais e inteligência artificial. Normalmente, isso impulsionaria os gastos com TI muito além do crescimento de 2,7%. No entanto, parte da incerteza política nos mercados globais promoveu uma estratégia…

Para ser disruptivo é preciso começar do zero

Estamos diante de um cenário de mudanças exponenciais, rápidas e intensas. Todos setores de negócio serão afetados e o que puder ser digitalizado o será. Escrito dessa forma, nesse texto, parece trivial, mas é uma mudança que poderá afetar setores de negócio por inteiro. O grande desafio é que a exponencialidade não espera por ninguém. Quem ficar atrasado, corre sério risco de sair do mercado. Por exemplo, nesse ano, vimos chatbots aparecerem e em pouco tempo o Facebook Messenger já tem mais de 11.000 chatbots, onde algoritmos se comunicam com os usuários através do Messenger como se fosse com uma…