Final de ano: atendimento nas escolas



Fim de ano letivo! Como estão as secretarias das instituições de ensino? Alunos querendo saber se passaram ou não, quanto é a DP, qual a grade do ano que vem. Requerimentos de certificados, atestados de matricula, novos alunos, rematrículas. A demanda na troca de ano aumenta bastante, mas podemos automatizar esse atendimento aos alunos, para auxiliar a secretarias e fazer com que os funcionários se preocupem somente com a ceia.

Ainda mais tratando de um público bastante jovem, o autoatendimento é a melhor pedida. Uma URA (Unidade de Resposta Audível), um chatbot ou um agente virtual quando bem desenhadas conseguem agilizar e organizar todos os fluxos de informação, mapeando essas demandas e fazendo com que o próprio aluno saiba resolver seus próprios problemas.

Além disso, ferramentas de otimização de trabalho podem lhe ajudar a saber se seus recursos para atendimento estão inferiores à demanda.

O público muito jovem e as novas gerações têm menos tolerância a demora e má qualidade do atendimento, por isso é importante entender quais são suas exigências. É preciso estar onde seu cliente está, a nova geração vive e interage a partir de smartphones e mídias sociais. Por que não os atender pelo Facebook? Ou criar um aplicativo com uma plataforma de interação onde todas as informações mais requisitadas estejam facilmente acessíveis?

No fim de ano, a procura aumenta e o atendimento cai a qualidade por consequência. É preciso planejar essa demanda, estruturar e organizar seus recursos para manter a qualidade no nível do que seus alunos exigem. A tecnologia pode lhe dar esse presente de Natal!

Comentários

Seu endereço de email não será publicado.