Categoria: Atendimento ao cliente

Turnover: como a tecnologia pode ajudar a resolver esse problema

Considera-se um alto turnover - nome dado a rotatividade de funcionários – uma porcentagem acima de 5%. O cálculo se dá entre a razão dos funcionários desligados sobre o total de funcionários da empresa durante o mesmo período vezes cem. Uma alta taxa de rotatividade impacta a empresa de diversas formas: desde financeiramente com os custos de rescisão, recrutamento, seleção e a baixa produtividade na curva de aprendizado dos novos funcionários até na cultura organizacional, com a oscilação de motivação e confiança da equipe, que teve que absorver a carga de trabalho daqueles que deixaram a companhia. As causas de…

Quando seu cliente vai embora e nem lhe diz adeus

Bye bye, so long, farewell! Seu nível de evasão de clientes está aumentando, mas você não sabe por quê? Está completamente sem controle? Primeiro, eu queria lhe perguntar se você valoriza os “clientes reclamões”, porque a maioria vai simplesmente ir embora para o concorrente sem nem dar uma notificação. As reclamações servem como um balizamento de quais pontos são dignos de melhora. Quem ainda corre atrás, ainda se importa com seu esforço para tentar reverter a situação dele, e se assim for feito, ele tem chances de ficar. Um chamado “hater” quando bem cuidado e com problema resolvido, tendo bom…

Sua empresa está pronta para atender as exigências dos seus clientes?

As pesquisas já provaram que é mais barato manter sua cartela de clientes do que buscar novos. Hoje, caso os clientes se sentirem mal atendidos ou o custo-benefício não for atrativo, ele não fica, porque ele tem esse poder de escolher entre você e seus concorrentes. E o que lhe difere? Você sabe quais coisas eles exigem para poder ficar? É sempre bom perguntar e pesquisar especificamente quais coisas deixam seu cliente insatisfeito. Mas, de maneira geral, os clientes se irritam com algumas coisas em comum, especialmente os Millennials que possuem comportamentos, preferências e pensamentos em comum. São eles demorar…

Quem não se adapta, fica para trás!

A humanidade evolui, tal qual as espécies evoluem. A Teoria da Evolução de Darwin diz que o ambiente muda e o seres com as características mais adaptáveis às novas condições sobrevivem enquanto os demais foram extintos. Muito tempo depois, a tecnologia permitiu que os ambientes mudassem cada vez mais e deu “poderes” ao ser humano incomparáveis. Essas mudanças ocorrem cada vez mais rápido, e a agora é a vez das empresas, ou se adaptarem, ou serem extintas. A Netflix acabou com as locadoras? As câmeras digitais destruíram a Kodak? O Uber prejudicou os taxistas? Essas empresas nasceram de uma necessidade…

Insurtechs: a transformação digital chega ao setor de seguros

O setor de seguros é um dos mais tradicionais que existem, junto com o bancário. Seus processos são recheados de burocracia, falta de personalização e inacessibilidade - os clientes têm dificuldade de entender o que estão adquirindo e de adquirir bons planos com poucos recursos financeiros. Mas na hora em que um seguro é acionado, o cliente está em um momento de estresse, necessidade, espera-se por tanto, um atendimento rápido e eficaz. As chamadas Insurtechs (insurance - seguro em inglês - + tech, de tecnologia) vieram para quebrar esse paradigma. Já existem, por exemplo, seguradoras com o processo de vendas…

Inteligência artificial: da ficção científica a alternativa essencial no atendimento ao cliente

Inteligência artificial: da ficção científica a alternativa essencial no atendimento ao cliente
A inteligência artificial tem se mostrado uma alternativa para as organizações se tornarem ainda mais produtivas e competitivas Clayton da Silva, Administradores.com, 12 de outubro de 2016, às 8h22 O telefone fixo demorou 76 anos para entrar na metade dos lares americanos enquanto o smartphone levou apenas dez. Esse dado mostra a velocidade com que estamos incorporando tecnologia nos dias atuais tanto na sociedade como também em nossos negócios. Um reporte global da PWC mostrou que as empresas estão aderindo cada vez mais às soluções digitais como social – que consiste no uso de mídias sociais para fins comerciais; mobile,…

Biometria de voz: Da prevenção de fraudes ao atendimento ao cliente

Biometria de voz: Da prevenção de fraudes ao atendimento ao cliente
O uso de biometria de voz para identificação de pessoas já é realidade no mundo: hoje, aproximadamente 40 milhões de pessoas utilizam esse recurso em aplicações comerciais. Empresas de vários segmentos passaram a considerar a biometria de voz, nos últimos dois anos, como ferramenta de prevenção a fraudes e, principalmente, de aprimoramento do relacionamento com seus clientes. A autenticação biométrica - por voz, face, íris, digital, veias da mão ou outras características físicas – representa uma forma mais segura do que outros meios tradicionais de autenticação, como senhas e desafio-resposta, uma vez que se baseia em atributos únicos e exclusivos…