Categoria: Notícias

O que podemos dizer sobre o futuro das profissões mais concorridas no Vestibular 2018?

Dentre os cursos mais concorridos nos vestibulares de 2018 na Fuvest e no Sisu estão Medicina, Audiovisual, Psicologia, Relações Internacionais, Medicina Veterinária, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Direito, Administração, Enfermagem, Pedagogia, Educação Física, Engenharia Civil e Ciências Contáveis. Mas o que podemos observar quando pensamos como será o futuro dessas profissões? Com a Transformação Digital, as pesquisas indicam que um terço das profissões atuais deixarão de existir como conhecemos até 2015. Isso porque funções mecânicas, monótonas que possam ser automatizadas serão substituídas por robôs para que o ser humano foque no que é realmente necessário. Estratégia, criação, empatia, capacidade de resolver…

Geração nem-nem e desalentados: uma questão a se pensar

Nos últimos quatro anos, tivemos uma grande questão que se tornou evidente durante a crise, a taxa de desalentados cresceu 197%, isto é, as pessoas que desistiram da procura por emprego, estão sem esperança de consegui-los, e por isso, sequer são contabilizadas na taxa de desempregados. Em 2018, 4,6 milhões - 4,1% dos brasileiros – estão em situação de desalento segundo o IBGE. Além disso, o PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) verificou que ano passado, 11,16 milhões de pessoas de 15 a 29 anos que nem estudam e nem trabalham, sendo que entre esses muitos não estão…

Urnas eletrônicas são suscetíveis a fraudes?

Primeiro, devemos dizer que ao mesmo tempo que é importante que as urnas sejam passíveis de auditorias, questionar e descredibilizar o resultado de uma votação, causa instabilidade no processo democrático, ainda mais com um ambiente polarizado e inflamável como o cenário político atual. Desde que foi instaurada nas eleições de 1996, a urna tem seus críticos. O maior deles Diego Aranha da UnB, Professor da Unicamp e especialista em segurança e fraudes tecnológicas, fez um teste em 2012 apontando resultados críticos: facilmente conseguiria determinar o voto de alguém pelo horário registrado na máquina, o que acabaria com a certeza do…

Você está preparando seu filho para hoje ou para o futuro?

Encare um fato: as formas de trabalho estão mudando. Os estudos dizem que um terço das profissões de hoje deixaram de existir, pois serão postos automatizados. Não que isso seja algo ruim, os humanos deixarão de ocupar posições monótonas, repetitivas e muito dispendiosas, é enfadonho para o funcionário, dispendioso para o empresário e mais tempo de espera para o cliente. O ser humano vai se concentrar em tarefas em que ele é especialista, precise se relacionar, analisar e criar. Mas, francamente, nossas escolas estão formando esses funcionários? O jovem de hoje é bombardeado por várias informações ao mesmo tempo. 40…

Ir ao banco? Estou fora!

Por que os tradicionais modelos de banco afugentam o consumidor moderno? O setor bancário é um dos mais críticos para a transformação digital hoje. O jovem em sua mesa de escritório perto da hora do almoço solta o ar ligeiramente irritado: “vou ter que ir na minha agência hoje”. Essa cena tem sido cada vez mais rara, mas quando acontece é unânime que ninguém gosta, principalmente os mais jovens. Segundo pesquisas, eles preferem ir ao dentista do que fazer uma ligação para o banco, imagina ter que se deslocar até lá? A Transformação Digital para bancos não é algo para…

O cliente do tipo “Deixe-me fazê-lo”

Nunca tivemos tantas gerações distintas convivendo e consumindo ao mesmo tempo. Cada geração tem anseios e especificidades distintas, a Geração Y ou Millennial já está no mercado de trabalho e possui poder aquisitivo. Eles são bastante exigentes, são imediatistas e têm pouco apego a marcas. Segundo a Think Jar, 66% dos consumidores que trocaram de marca fizeram isso devido a um atendimento ruim. Estamos em um momento onde o cliente tem cada vez mais controle da relação e poder de barganha. Analisando o comportamento desse perfil, o autoatendimento é um meio de satisfazer essas necessidades de um público que busca…

O mundo evolui e os empregos também, você está preparado?

Por Giovanna Paulucci Houve um tempo que colocavam estagiários para mandar arquivos via FAX, hoje em dia, achamos loucura, com a rapidez do e-mail, compartilhamento nuvem, WeTransfer, Skype, Whatsapp, podemos deixar com que ele utilize melhor seu tempo para de fato aprender sua profissão. As formas de trabalho mudam de acordo com as necessidades da sociedade e com as tecnologias disponíveis para executá-lo. Nesse processo de desenvolvimento, muitas carreiras ficam para trás e surgem outras. Quem entra no mercado de trabalho agora deve se atentar ao que a de novo, a como a tecnologia interfere na sua profissão e escolher…

Por que seus clientes estão lhe deixando?

Por Giovanna Paulucci Você é daqueles que diz “a crise está espantando todos os clientes” ou “aquele aplicativo novo está acabando com meu negócio”? Se sim, está na hora de olhar para dentro e perceber o que o seu negócio está fazendo de errado para espantar seus clientes. Passamos da época em que havia apenas o Ford T preto, hoje, há milhares de opções para serem escolhidas e o foco de toda organização é, ou deveria ser, o cliente. É ele quem escolhe, que deseja produtos e serviços que sejam costumizados, enquanto as empresas concorrentes competem cada detalhe para se…

Copa 2018: quando a tecnologia entra em campo…

Quem em pleno 2018 consegue achar um mercado que não tenha sido transformado pelo digital? É claro que a tecnologia não podia ficar de fora do bilionário universo do futebol, ainda que esse fosse um setor bastante resistente a mudanças. A tecnologia auxilia nos processos, aumenta a realidade e melhora a experiência dos diversos fenômenos modernos. Muito antes da Copa começar, já tivemos a experiência de gerenciar a coleção de figurinhas do álbum oficial por meio de um aplicativo, o “Coleciona”. Os bolões online também estão a todo vapor e as rodas de comentaristas durante os jogos agora tem interação…

Transformação Digital: mais que um diferencial, um pré-requisito

Você já deve ter encontrado por aí várias empresas que colocam no quadro de Missão, Visão e Valores, Inovação como um dos valores, mas que ainda possuem processos arcaicos, engessados e muita resistência ao uso de tecnologia. Mas por que essa necessidade de dizer ao mundo que você é inovador, tecnológico e pioneiro? Você pode achar que é para se diferenciar da concorrência, mas já passamos desse estágio, muitas empresas já incorporaram a tecnologia em sua cultura organizacional. Mais que um diferencial, é um pré-requisito. Os chamados millennials, que viveram a transformação digital, a transição para um mundo de smartphones…