Chatbots são a atração do setor de entretenimento



Conhecido também como assistente virtual ou agente virtual, o robô que se comunica com seus clientes com linguagem natural serve para um propósito maior do que simplesmente se comunicar. O chatbot pode ter a personalidade que quiser, passando a identidade da sua empresa e ajudando a encantar e entreter.

O chatbot é munido por meio de Inteligência Artificial e Machine Learning para aprender vocábulos novos e os contextos referentes à empresa e à interação. Ter linguagem natural significa que o robô está livre de menus na interação, aprende o contexto do negócio, regionalismos, gírias para falar livremente como um humano. Pode ser criado um personagem para a empresa, decidindo tom da conversa e toda a forma com que ele passa as mensagens. Mas o mais interessante é como eles têm servido ao setor de entretenimento e diversão. Como uma ferramenta para marketing e divulgação de conteúdos de entretenimento. A empresa de streaming ou página do Facebook daquela série temática pode ter um chatbot que incorpore um personagem ou um contexto, para os clientes perguntem coisas relativas à história, pode fazer conversas interativas e criativas, como jogos de perguntas e respostas sobre o universo da obra ou assumir um tom de respostas bem-humoradas ou sarcásticas. Tudo de acordo com a identidade da empresa em questão.

Marketing de conteúdo tem um poder de identificação do público que leva o bom atendimento ao patamar do encanto. Gera defensores da marca e fixa no Top of Mind em relação ao setor. Ter alguém que ame sua marca é algo sem preço. Um exemplo interessante é um boneco da ToyStory Land no Hollywood Studios em Orlando, tem um Sr. Cabeça de Batata que responde e interage de acordo com o que as pessoas respondem, com a própria voz do dublador em respostas programadas. A criançada fica encantada.

Outro exemplo é a campanha de divulgação da temporada do ano passado de Game of Thrones, em que você escolhia pelo Messenger da página a sua casa do seriado preferido, tinha que ir respondendo perguntas sobre ela e, conforme ia acertando os testes de conhecimento, ganhava títulos de honra: de ferreiro até o Rei do Trono de Ferro. O céu o limite da criatividade para ações de marketing com os clientes e o setor de entretenimento abre muitas possibilidades. Os chatbots podem ser seu hiperpropulsor nessa viagem na velocidade da luz para conquistar o universo inteiro.

Comentários

Seu endereço de email não será publicado.