• diegooliveira

Facebook quer formar 50 mil brasileiros em programação e inovação

Cursos gratuitos oferecidos na Estação Hack, centro de apoio da empresa, pretende capacitar jovens brasileiros.


O Facebook prevê que, em 2020, deverá capacitar cerca de 50 mil jovens brasileiros na Estação Hack, seu centro para apoio à inovação no país. O projeto inclui cursos gratuitos de programação, desenvolvimento de aplicativos, inovação e futuro do trabalho.

Desde que foi iniciado em 2018, o projeto já capacitou mais de 26 mil pessoas – 12 mil no primeiro ano e 14 mil no segundo.

Entre os alunos nos cursos de programação e inovação, cerca de 80% eram atuais ou formados do sistema público de ensino. Dos participantes, 35% eram mulheres; a iniciativa visa, entre outros, aumentar a representatividade feminina no setor e oferece cursos exclusivos.


Neste ano a Estação Hack terá cursos de programação online e aulas presenciais em seis cidades: Campinas (SP), Vitória (ES), Brasília (DF), Porto Alegre (RS), São Luís (MA) e Natal (RN). Os alunos devem aprender conceitos principais de programação e de códigos básicos de HTML, CSS e Javascript.


Eduardo Lopes, Diretor da Estação Hack, diz que o projeto também aprendeu com os últimos dois anos e que, por isso, passou a adotar cursos online e em outras regiões do país. "Mas também percebemos que, mesmo com as salas das aula de programação sempre cheias, não conseguíamos alcançar todos os jovens que queriam receber esse treinamento".

A Estação Hack também ganhará em 2020 outros dois programas focados em professores da rede pública de ensino. Eles deverão receber treinamento em programação, futuro do trabalho e inovação.



fonte: https://bit.ly/2PInZEE

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo